top of page
  • Foto do escritorTon Müller

Limpeza de fotografias danificadas pela água, lama ou areia

O Rio Grande do Sul viveu o seu pior momento de catástrofes naturais no último mês de Maio e muitas pessoas perderam a história em suas fotografias de família, profissionais da área perderam seus arquivos impressos e tudo isso nos leva a questionar sobre a proteção da nossa história, das imagens que contam vidas.


Para isso, separei aqui um material muito legal que te ensina a limpar as fotografias de modo correto. É simples, porém é um trabalho de extrema delicadeza e paciência pois estamos falando de impressões que podem ter problemas caso estejam em um estado avançado de avaria.


Se uma impressão fotográfica estiver completamente ou quase seca, comece por remover ligeiramente a lama da superfície com um pincel macio. Se não tiver um pincel ou se a impressão fotográfica estiver apenas parcialmente seca ou completamente húmida, avance diretamente para a etapa 2. Não se esqueça de usar luvas de borracha finas. Recomendamos a utilização de luvas médicas ou de luvas utilizadas para o manuseamento de alimentos.


  1. Para remover grandes quantidades de sujidade, passe a fotografia por água parada (NÃO corrente) e à temperatura ambiente (20 °C–30 °C). Não remova a sujidade à força; a superfície pode ficar danificada de forma irreparável.

  2. Em seguida, mergulhe a fotografia impressa em água limpa à temperatura ambiente durante cerca de 30 a 60 segundos antes de iniciar o processo de limpeza.

  3. Uma vez submersa, limpe suavemente a superfície da impressão com a ponta do dedo ou com uma escova macia para remover delicadamente qualquer resto de lama ou areia. Certifique-se de que começa nos cantos exteriores e se desloca para o centro, onde se encontra o objeto da fotografia, à medida que limpa e observa as alterações do estado. Se a superfície da impressão se alterar, interrompa imediatamente a limpeza.

  4. Se parte da superfície da imagem da impressão ficar facilmente vermelha, amarela ou branca durante estes procedimentos, isso indica que a imagem está significativamente danificada e não deve ser manuseada. Quando a superfície da imagem está seriamente danificada, fica escorregadia ao toque, mesmo com luvas de borracha finas. Estas superfícies de imagem impressa só devem ser ligeiramente enxaguadas com água.

  5. Não se esqueça de limpar a sujidade do verso da impressão. (Um pincel de pintura pode remover a sujidade mais eficazmente do que o seu dedo ao limpar a parte de trás).

  6. Uma vez terminada a limpeza, enxague em água parada (NÃO corrente). Deixe-a secar à sombra ou num local escuro onde o pó não possa chegar à fotografia. Não há problema em espalhar as fotografias em roupas macias, como toalhas ou tiras de papel de cozinha, ou pendurá-las para secar com pregadores de roupa. Evite os jornais. A tinta de jornal adere facilmente à imagem impressa. Tenha em atenção para colocar a imagem impressa virada para cima!

  7. Evite a secagem rápida utilizando a luz solar direta, um secador de cabelo ou outras fontes de ar quente, uma vez que pode fazer com que a fotografia enrole.

Nota

Se acidentalmente secou as fotografias molhadas viradas para baixo no papel (de jornal), fazendo com que a tinta permaneça nas fotografias, utilize um apagador de lápis "branco" macio normal. Pode tentar remover cuidadosamente as marcas de tinta. Mas, especialmente em superfícies de papel brilhante, podem ocorrer marcas de arranhões. Para evitar este arranhão, é altamente recomendável molhar novamente as imagens durante a fricção com a borracha de lápis. Isto funciona ainda melhor quando as fotografias são completamente imersas em água durante a fricção. Pode colocar as fotografias num pequeno banho de água e depois (ainda com muito cuidado) esfregue as marcas de tinta das fotografias. Quando todas as marcas de tinta tiverem sido removidas, lave novamente as imagens com água limpa e deixe-as secar entre folhas de papel normal.




댓글


bottom of page